No dia 26 de março de 2019, cinco municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (formato PDF) iniciam a revisão biométrica obrigatória: Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia, São José da Lapa e Vespasiano. O eleitor que ainda não fez o recadastramento deverá comparecer ao cartório eleitoral, posto ou central de atendimento da cidade onde vota para coletar os dados biométricos (assinatura, digitais e foto). Em São José da Lapa, a revisão termina no dia 17 de dezembro de 2019. Nas outras quatro cidades, o prazo vai até 21 de fevereiro de 2020.

A etapa anterior da revisão biométrica começou em 05 de fevereiro de 2019, incluindo 121 municípios mineiros (formato PDF). Nesses locais, o prazo para o comparecimento do eleitor varia entre outubro de 2019 e fevereiro de 2020.

Em todas essas cidades, os eleitores podem agendar o atendimento pelo Disque-Eleitor ou pelo site do TRE. O atendimento também pode ser feito por ordem de chegada. Confira os endereços dos cartórios.

O prazo para conclusão do recadastramento obrigatório varia entre outubro de 2019 e fevereiro de 2020. Todas as orientações sobre a revisão do eleitorado nesses 121 municípios estão no Provimento Nº 005-CRE /2018.

Nas Eleições 2018, 4.736.576 eleitores mineiros foram identificados por meio de seus dados biométricos. Em Minas Gerais, a biometria já é obrigatória em 84 municípios (formato PDF). Nesses locais, todo o eleitorado já foi cadastrado biometricamente. Em Belo Horizonte e nos demais municípios de Minas que não constam das relações acima, o recadastramento biométrico ainda não é obrigatório.